O uso da constelação sistêmica para desenvolvimento do campo de visão

Eu conheci a Constelação sistêmica em 2009 durante uma imersão do curso Terapia comunitária. Somente em 2015, comecei a estudar e vivenciar a Constelação sistêmica.

Nos últimos anos o uso dessa abordagem cresceu muito e os seus princípios sustentam o Direito sistêmico e a Pedagogia sistêmica.

A possibilidade de visualizar o campo de informação da consciência de forma sistêmica  faz toda diferença. Os resultados são rápidos e pode ser aplicado em qualquer questão.

Eu me lembro  dessa frase do Peter Senge  sobre a Quinta disciplina.

Quanto maior a consciência do todo, mais a nossa ação beneficia esse todo

Neste artigo “As Organizações que aprendem, segundo Peter Senge” escrito por Geoges Ayub Riche e Ricardo Monte Alto, descrevem sobre o pensamento sistêmico.

Eu trago esse elemento chave para refletir o quanto você conhece do seu campo de informação?

Nesse sentido, eu procuro ter um caderno no Evernote com uma síntese do meu campo de visão e meus projetos que visito com frequência. Não só para planejar, mas para apoiar as decisões e visualizar o meu campo. Ou mesmo quando tenho algum obstáculo.

capture-20180925-140727

capture-20180925-140807

Mas o que isso tem a ver com escrita, pesquisa, publicação e comunicação científica, desenvolvimento profissional?

1 – Saber o seu campo de conhecimento. Quanto mais você souber do campo mais consciência você terá dos movimentos, das forças, lacunas e oportunidades.

2 – Conhecer os periódicos científicos que são utilizados para comunicar os resultados de pesquisa, opiniões de especialistas e linhas de pesquisa

3 – Conhecer autores, instituições, abrangência geográfica

4 – Conhecer a linguagem utilizada pelo campo

5 – Pensar como você deseja movimenta-se nesse campo

Nesse cenário, quais são os projetos que conversam e estão alinhados com o que você deseja. Quais são os emaranhados que impede de seguir adiante.

 

Escrito por Juliana Reis

Atualmente trabalho na pesquisa do doutorado, na escrita de artigos,  no desenvolvimento de ferramentas de apoio à boas práticas científicas, em apresentações e cursos relacionados com as temáticas: mobilização, tradução e gestão do conhecimento. Twitter @a_julianareis

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s