Há alguns anos gosto de fotografar despretensiosamente a cidade, o meu olhar atento a paisagem urbana e como as pessoas interagem com o ambiente. Essa minha prática me levou a escolher este artigo: “Estudo Fotográfico da Arte Urbana: da Aventura Proibida ao Engajamento Político”,  de autoria de Anita Rink, Ione Vasques-Menezes e Marsyl Bulkool Mettrau, publicado no periódico Psicologia: Ciência e Profissão, editado pelo Conselho Federal de Psicologia.

Os autores apresentam um estudo histórico-social sobre 100 fotografias feitas em municípios do Rio de Janeiro entre 2013 e 2015 e ainda entrevistaram 17 artistas de rua.

O artigo indica como as interferências da arte urbana produzem cultura e influenciam a construção do processo societário, baseado na codificação semiótica do espaço urbano e na atuação dos artistas.

Para saber mais:

Rink, Anita, Vasques-Menezes, Ione, & Mettrau, Marsyl Bulkool. (2018). Estudo Fotográfico da Arte Urbana: da Aventura Proibida ao Engajamento Político. Psicologia: Ciência e Profissão38(2), 332-346. https://dx.doi.org/10.1590/1982-3703002512017

Figura  Arte de rua de municípios do Rio de Janeiro. 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s